CONHECER MAIS OPÇÕES

Se você não consegue pensar em alguma coisa que te faria feliz, será que não precisa conhecer mais opções?

Nós geralmente, consideramos para a nossa vida as opções que conhecemos e pode ser que nenhuma delas se encaixe com o que você realmente quer para a sua vida. Nesse caso, pode ser que você tenha que expandir os seus conhecimentos e ver que existem tipos de vida que fogem totalmente do convencional e que a gente nunca imaginou que existiam.

Um amigo, me contou que conheceu uma pessoa, que comprava amendoim do Brasil e trazia aqui para a Europa. Ele tostava os amendoins e vendia para os bares. Fazia isso meio ano e na outra metade ficava viajando por ai.

O sucesso do livro “Trabalhe 4 horas por semana” do Thimothy Ferriss, foi exatamente esse: apresentar uma opção de vida que muita gente nunca tinha imaginado! Mostrou ideias como: ganhar em dólar e viver em países com a moeda mais fraca, que era mais barato viver em um hotel bom na Tailândia do que em um apartamento em Nova Iorque… E assim ele apresentou uma opção para pessoas que ainda não tinham pensado nisso e hoje em dia tem muita gente correndo atrás do que ele conseguiu.

Quando eu cheguei aqui na Espanha, conheci com a minha motorhome muitos casais de aposentados que viviam na sua autocaravana felizes da vida viajando por ai. Quando eu morava no Brasil, nem pensava nessa opção.

É verdade que viajar deixa essa parte de conhecer possibilidades bem mais fácil. A minha mente se expandiu desde que eu sai do Brasil. Não só porque eu mudei de país, talvez eu teria aprendido muito mais no Brasil, se eu tivesse saído antes do meu círculo de convívio e tivesse tido mais curiosidade para ver todas as possibilidades que existiam.

E você nem precisa seguir nenhum estilo de vida específico. Pode ser que você não queira morar em uma autocaravana, mas eu tenho certeza que alguma ideia ou inspiração você pode tirar de pessoas que vivem assim. A gente pode aprender de cada possibilidade e juntando o que faria a gente feliz. Já que, ao final, somos seres únicos!

Quando eu morei na Austrália, conheci muitos jovens que viviam por ai viajando sem data para voltar. Só que a maioria deles tinha um estilo de vida que eu não gostava: saiam muito e estavam sempre bebendo. Deles, eu só guardei que queria ser livre daquele jeito. Eu não precisava ser igual a eles, mas eles me mostraram que era possível ser mais livre e não precisar se preocupar com o amanhã toda hora.

Das pessoas que vivem em motorhomes e barcos, eu aprendi a ser mais minimalista. Descobri que ter poucas coisas, além de prático, me fazia sentir leve. Me dava uma sensação de paz.

Assim, a gente vai moldando a vida que vai fazer a gente feliz. Conhecendo, sabendo que existem outros caminhos, outras opções, que o mundo está cheio de possibilidades! Existem histórias incríveis pelo mundo de pessoas que provam a cada dia que existem diversas opções disponíveis para a gente viver! 

Se quiser conversar comigo, sem nenhum compromisso, manda uma mensagem que a gente marca a melhor hora. Pode mandar uma mensagem para oi@juliaqueiroz.com ou por aqui!

Beijos

Julia

 

 

 

 

 

 

 

 

Imagem: https://unsplash.com/search/arrows?photo=pKeF6Tt3c08

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Julia Queiroz

Coach, multipotencial, designer, curiosa, ama viajar...

Para conhecer mais: Sobre Facebook Instagram
Instragram
  • Pur de maaveiauva passacanelacookie Mais fcil impossvelrs   hellip
  • Detalhesmscara africana
  • Detalhes
  • Caos de Meca
  • Conil de la Frontera
Facebook